Visitando a vinícola Concha y Toro em Santiago do Chile - Bus 142
AS VIAGENS Chile Foodie

Visitando a vinícola Concha y Toro em Santiago do Chile

Eu sou fã de Santiago do Chile. Passei 4 dias por lá e achei tudo incrível! Não sei dizer qual é a melhor lembrança que tenho da cidade: aquela vista das Cordilheiras dos Andes de pano de fundo ou a gastronomia maravilhosa regada à muito vinho. Um empate técnico!

Antes de embarcar para Santiago, pesquisei bastante quais eram as melhores atrações por lá – como eu faço com todas as viagens. Descobri que não ia dar pra fazer tudo de legal em tão pouco tempo – o que também acontece com todas as minhas viagens. Ok, vamos priorizar!

Eu já tinha ouvido falar bastante sobre a Viña Concha y Toro e era um passeio que me interessava muito. Pesquisando, descobri que as pessoas estão bem divididas quanto a essa visita. Muita gente acha que é turístico demais, ou qualquer coisa assim. E eu quase, quaaaase desisti de ir.
Meu amigo, isso teria sido um erro!

Bus142_CyT_Titulo

Eu não sou expert em vinho. Minha opinião sobre um bom vinho basicamente é: gostei ou não gostei. Pra mim ta tudo bem inclusive beber vinho em um copo de requeijão. Mas vinho é um dos prazeres que eu cultivo nessa vida e, francamente, eu estava em Santiago, né? A Concha y Toro estava logo ali. Fui. E amei.

Como Chegar

Saindo de Santiago, existem duas maneiras de chegar na Concha y Toro:
Carro: A vinícola não é na região metropolitana, então você vai ter que dirigir uma boa horinha pra chegar. Leve em consideração também que você provavelmente vai beber por lá, ok? Se mesmo assim essa for sua opção, a orientação completa está nesse link.

Transporte público: Você faz boa parte do transporte na Linha 4 (Azul) do metrô, descendo na Estación Las Mercedes. Depois, precisa fazer uma “baldeação” (paga à parte) de ônibus ou táxi. Os detalhes também estão nesse link.

Na volta, havia uma van levando as pessoas até a estação de metrô, que nos cobrou basicamente o mesmo que o táxi.

Chegando na Concha y Toro

Chegando na Concha y Toro

Tours

O tour é a grande estrela da visita à Concha y Toro. Caso você esteja se questionando se vale a pena fazer: sim, vale! A explicação do guia é super amigável e fácil de entender, as informações são interessantes, as paisagens são lindas e o vinho que você vai experimentando pelo caminho é super gostoso e vai te deixar bêbado bem alegre até o fim do passeio!

Existem dois tours diferentes:
Tour Tradicional: Você faz o passeio pela vinícola, os jardins e a casa principal. Experimenta 3 vinhos e visita também as bodegas de guarda, como a famosa Casillero del Diablo. A taça que você usa na degustação fica de presente – adoro brinde!
Custo: $12.000 Pesos chilenos ou $19 Dólares

Tour Marques de Casa Concha: O que muda nesse tour é que, ao final, você ainda faz uma harmonização de 4 queijos e mais 4 vinhos. Ah! e ganha a tábua das queijos de brinde também. (É sério, eu gosto muito de brindes…)
Custo: $22.000 Pesos chilenos ou $36 Dólares

Casona, a residência de verão da família Concha y Toro do fim do século XIX

Casona, a residência de verão da família Concha y Toro do fim do século XIX


Só pra você saber, cada degustação tem aproximadamente 50ml. Quase nada, né? Mas multiplica isso por 7 e o resultado é basicamente esse sorriso aqui:

O sorriso vai aumentando e os olhos vão fechando

O sorriso vai aumentando e os olhos vão fechando


Você precisa reservar sua visita antecipadamente pelo site da Concha y Toro. Você pode escolher o tour em espanhol, inglês e até português. No site você vê o horário de cada um.
Vi gente comprando ingresso na entrada, então é possível, mas sempre arriscado: se houver um grupo grande de turistas fazendo o tour, por exemplo, você pode ficar sem entrar…

Experiência

Optei pelo Tour Marques de Casa Concha em espanhol, por que era o horário que eu tinha disponível. Mas a cada degustação fui ficando um pouquinho mais fluente… 🙂

Amei cada minuto da visita! Nossa guia era muito gente fina e sabia várias curiosidades sobre a vinícola e a produção dos vinhos. Estive lá no finzinho de Novembro, quase verão, então não vi uvas nas parreiras, mas mesmo assim a vista da plantação é maravilhosa!
Bus142_CyT_02

Todas as degustações são muito gostosas! Você começa com vinho branco bem em frente às parreiras e depois desce na bodega do Casillero del Diablo para ver uma encenaçãozinha sobre a lenda desse vinho; e então mais duas degustações.
Bus142_CyT_05

Bodega do Casillero del Diablo

Bodega do Casillero del Diablo

Bus142_CyT_09

Quem optou pelo tour com a harmonização encontra com o sommelier e prova mais 4 vinhos harmonizando com 4 queijos. Não consigo expressar em palavras como foi gostoso!

Viveria só disso!

Viveria só disso!

<3

<3

Pra completar o passeio, almoçamos por lá, e adivinha só? Pedimos mais vinho!
Não sei se tem a ver com a felicidade pós 7 taças de vinho, mas pedi uma massa com camarão que MEU AMIGO, sozinha valia o passeio!
Bus142_CyT_11

Resumo: Sim, é uma atração turística. Não espere um conhecimento profundo sobre vinho nem nada do tipo. É um passeio, mas dos bons! Então garanta sua visita à Concha y Toro quando for para Santiago. 😉

Saí de lá feliz. Um pouco cheia, confesso. E talvez um pouco mais exigente em relação ao copo do meu vinho. Ou não…

Bus142_CyT_Cup

Já esteva na Concha y Toro? Conta nos comentários o que você achou da sua visita!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

%d blogueiros gostam disto: